Menina de 10 anos é deixada sozinha em um aeroporto

Esquecida por funcionário, ela ficou 4 horas em aeroporto e perdeu o voo.


Menina de 10 anos é deixada sozinha em aeroporto por empresa aérea

Uma menina de 10 anos ficou perdida no segundo maior aeroporto dos Estados Unidos depois que um funcionário de uma companhia aérea esqueceu de pegá-la no portão de desembarque e funcionários da aeronave tenham se recusado a ajudá-la porque estavam ocupados.

Phoebe Klebahn estavam voando de sua cidade natal San Francisco para Chicago, onde faria uma conexão num voo para Grand Rapids, no estado do Michigan, para uma colônia de férias, segundo o ?Daily Mail?.

Como numa cena de ?Esqueceram de Mim 2?, a menina ficou sozinha no aeroporto O?Hare, de Chicago, e perdeu a conexão.

Os pais de Phoebe só perceberam que tinha acontecido alguma coisa de errado quando um diretor da colônia de férias ligou para dizer que a pequena não tinha aparecido no horário previsto.

Um amigo do casal publicou sobre o incidente com a United Airlines num blog, narrando o sofrimento de Annie e Perry Klebahn ao tentar entender porque a filha foi deixada sozinha num aeroporto enorme.

Após cerca de 18 horas de ligações para a empresa em busca de explicações, os Klebahns descobriram que os funcionários responsáveis para acompanhar menores sozinhos em voos eram de uma empresa terceirizada. No caso de Phoebe, o representante da empresa simplesmente esqueceu de pegar a menina no desembarque em Chicago.

Além da falha do funcionário terceirizado, a tripulação do voo ?estava muito ocupada e não pode ajudar? a garota, que ficou à espera do acompanhante.

?Ela pediu três vezes para ligar para nós e eles disseram para ela esperar. Quando ela perdeu o voo, ela perguntou se alguém tinha ligado para o local da colônia de férias para ter certeza de que eles estavam sabendo e eles disseram: ?sim, vamos cuidar disso?. Mas ninguém ligou?, relataram os pais no blog do amigo.

Phoebe só foi colocada num voo para Michigan quatro horas depois e, por causa da confusão, suas malas só chegaram ao destino após três dias.

O dono do blog disse que a United foi ?completamente irresponsável? até que o casal contou a um repórter local a situação e ela ligou para a empresa para questionar sobre o incidente.

Só após a pressão, uma representante da aérea contatou o casal e publicou um comunicado pedindo desculpas pela falha.

?Nós ligamos diretamente para os Klebahns para nos desculpar e estamos revendo analisando a situação?, disse a United ao Huffington Post.

?O que os Klebahns descreveram não é o serviço que nós costumamos oferecer a nossos clientes. Estamos devolvendo o valor usado na compra da passagem assim como o valor de gastos com menor desacompanhada?.

Phoebe disse aos pais que nunca mais quer voar pela United.

Fonte: G1