Menina nasce sem orelha e médico usa cartilagem da costela

Menina nasce sem orelha e médico usa cartilagem da costela

Para reverter os problemas de saúde causados pela doença, Chloe já passou por mais de 40 cirurgias ao longo da vida.

Usar brincos. Esse é o único desejo de Chloe Duffin, de 9 anos. A menina britânica nasceu com uma rara síndrome chamada Goldenhar, que atinge apenas 200 pessoas no Reino Unido. Por causa desta patologia, ela nasceu surda e sem a orelha esquerda, com problemas no maxilar e com as vias respiratórias parcialmente bloqueadas.

Para reverter os problemas de saúde causados pela doença, Chloe já passou por mais de 40 cirurgias ao longo da vida. Mas o que ela realmente desejava, aconteceu duas semanas atrás. A construção de sua orelha esquerda. ?O melhor dia de nossas vidas foi o da operação, quando vimos suas duas orelhas?, disse Lynne, mãe da menina, ao jornal britânico Daily Mail.

Para reconstruir a orelha, os cirurgiões retiraram cartilagem de suas costelas e enxertaram do lado esquerdo de seu rosto. A pele do local foi reaproveitada. Dentro de seis meses, ela passará por uma nova operação para separar a parte de trás da orelha de sua cabeça, isso porque ela foi reconstruída rente à pele.

De acordo com o Daily Mail, os médicos garantem que essa operação não deixará cicatrizes visíveis nem no rosto nem em seu abdome. A próxima cirurgia pela qual ela deve passar é a de reconstrução do maxilar. Uma de suas costelas será retirada e o osso enxertado em seu rosto.

Como prêmio por sua bravura, os médicos e os pais da menina prometeram que após a cirurgia ? que separará sua orelha da cabeça ? ela terá as orelhas furadas e ganhará brincos.

Fonte: Crescer