Menina órfã tem gravíssima deformidade facial e fará cirurgiã com doações movidas por blogueiro

Menina órfã tem gravíssima deformidade facial e fará cirurgiã com doações movidas por blogueiro

A órfã de apenas 13 anos tem agora uma nova esperança em sua vida

O orfanato responsável por cuidar da garota precisava de R$ 20.000,00 reais para pagar a cirurgia, mas em 9 meses apenas R$ 260,00 reais foi arrecadado.

Um usuário do Tumblr resolveu visitar o local e conferir de perto a real gravidade do caso. Após conferir que se tratava de um caso chocante, ele comoveu a web com o relato e conseguiu arrecadar todo o dinheiro necessário em menos de 1 semana.

Livinus Acquah-Jackson resolveu abrir uma página no GoFundMe, para arrecadar o dinheiro e viu centenas de pessoas sensibilizadas com o caso. Além disso, usou outros sites como o Sinal-Boost para incentivar 450 pessoas a doarem também.

A garota chama-se Esinam. Seus pais morreram quando ela ainda era muito jovem. Sua avó ajudou a criá-la, mas morreu de acidente vascular cerebral há alguns anos. Ela então foi morar numa comunidade sem fins lucrativos para crianças órfãs.

O blogueiro disse: ?Em nome de Esinam, quero mostrar a nossa mais profunda gratidão e alegria a todos aqueles que contribuíram para a operação. Sua doação e contribuições serão colocadas e aplicadas?. Ele ainda acrescentou que a mulher que tem ajudado a garota por todos esses anos ficou extremamente feliz porque Esinam finalmente poderá fazer a cirurgia e realizar seu sonho de voltar à escola.

Ninguém sabe exatamente o que está fazendo essa massa crescer em seu rosto. A garota, que é de Gana (país africano), pode ter neurofibromatose, caracterizada por tumores que não param de crescer em volta dos nervos.

A cirurgia será realizada nos próximos meses.


Menina f tem grav﨎sima deformidade facial e far cirurgi com doa鋏es movidas por blogueiro

Menina f tem grav﨎sima deformidade facial e far cirurgi com doa鋏es movidas por blogueiro

Menina f tem grav﨎sima deformidade facial e far cirurgi com doa鋏es movidas por blogueiro

Fonte: Jornal Ciência