Menino atropelado que tinha 5% de chances de viver tem alta

Menos de duas semanas após o acidente, Charlie Falcus voltou para casa.


Menino atropelado que tinha 5% de chances de viver tem alta rápida

Um garoto que tinha apenas 5% de chances de sobreviver ? segundo seus médicos ? após ter sido atropelado agora se recupera bem em sua casa, em Newcastle, na Inglaterra. As informações são do jornal ?Daily Mail?.

Charlie Falcus estava com três amigos quando foi atropelado. Ele tinha acabado de descer de um ônibus e, quando ia atravessar a rua, foi atingido por um carro e jogado de volta contra o próprio ônibus, antes de cair no meio-fio. Por sorte, policiais viram o acidente e o resgate chegou o mais rápido possível.

O menino de 12 anos teve duas fraturas no crânio, um coágulo formado no cérebro, fraturas no globo ocular, quebrou a clavícula e sofreu lesões no pulmão. Os médicos alertaram aos pais que a situação era grave, e que Charlie tinha 5% de chances de sobreviver.

Mas os mesmos médicos, dias depois, se espantaram com a velocidade da reação de Charlie. Apenas três dias após entrar no hospital, ele deixou a terapia intensiva e foi para o quarto. O acidente foi em 10 de novembro, e o menino já teve alta e está em casa ? ainda com uma tipoia no braço e os pés enfaixados.

?Ele é nosso pequeno milagre. No hospital, colocaram ?Menino Milagroso? em frente à sua ficha. Não acredito que ele resistiu. Realmente achamos que íamos perdê-lo?, afirmou sua mãe Sarah ao ?Daily Mail?.

Fonte: Globo