Menino de 3 anos volta para casa depois de ser vendido 10 vezes

Segundo a polícia, sua mãe, Li Zhengxiu, que tem problemas de saúde mental, foi persuadida a entregar seu filho

Um garoto chinês finalmente voltou para sua família depois de quase 2 anos de buscas. Nesse tempo, ele foi vendido 10 vezes por traficantes de seres humanos. Jiang Kehao, agora com 3 anos, desapareceu em julho de 2010, da província de Zhejiang, no leste da China.

Segundo a polícia, sua mãe, Li Zhengxiu, que tem problemas de saúde mental, foi persuadida a entregar seu filho. Ela havia recebido a promessa de um trabalho em outra cidade, a 300 quilômetros de distância. Só que uma vez lá, o homem que prometeu o trabalho levou a criança e a vendeu por cerca de R$ 4.000 a outro homem.

A polícia descobriu que o menino foi então revendido pelo menos 10 vezes, cada uma delas por um preço mais alto. Várias pessoas envolvidas no crime foram indiciadas e receberão sentenças que vão de 2 a 7 anos.



Fonte: Crescer