Itália: Menino de 2 anos morre ao ser esquecido no carro pelo pai

Itália: Menino de 2 anos morre ao ser esquecido no carro pelo pai

Luca passou oito horas no veículo, que atingiu a temperatura de 60ºC

Um menino de dois anos morreu na Itália depois de ter sido deixado preso no carro por mais de oito horas, depois que seu pai esqueceu de deixá-lo na creche.

Andrea Albanese, de 39 anos, saiu para o trabalho, na cidade de Piacenza, como de costume, sem perceber que seu filho Luca ainda estava no carro, segundo o que informa reportagem do jornal Daily Mail.

Mais de oito horas depois, o menino foi encontrado desmaiado dentro do automóvel quente, no estacionamento do restaurante em que seu pai trabalha como chef.

Foi informado que Luca teria ficado preso das 8h às 17h, quando soou o alarme do carro.

Ao chegar à creche para buscar o menino, o avô dele viu que ninguém havia deixado a criança lá. No entanto, já era tarde demais, e Luca estava morrendo supostamente por asfixia, de acordo com apuração do jornal italiano il Gazettino.

O calor dentro do carro, que pode ter chegado a 60ºC, pode ter sido a principal causa da morte.

Testemunhas disseram que o pai começou a gritar horrorizado quando encontrou o menino à beira da morte.

Enquanto as equipes de resgate se dirigiam ao local, colegas de trabalho de Albanese compraram garrafas de água, para que o pai tentasse oferecer à criança.

Tanto ele quanto sua mulher foram hospitalizados em choque.

Albanese agora responde à acusação de homicídio culposo.

Fonte: r7