Menino morre depois de tomar iogurte de soja em uma escola na Espanha

Os responsáveis pela excursão haviam sido alertados pela família do menino que ele era alérgico


Menino morre após tomar iogurte de soja em escola na Espanha

No momento em que o menino tomou o iogurte, ele passou a apresentar dificuldades para respirar

Um menino de seis anos que participava de uma excursão a uma escola agrícola do município de Villanueva de Perales morreu, na noite da última quarta-feira, após sofrer um choque anafilático, informou o jornal El País.

De acordo com as primeiras informações, a reação alérgica pode ter sido desencadeada pelo consumo de iogurte de soja, bebida que possui uma proteína à qual a criança era alérgica. Os responsáveis pela excursão haviam sido alertados pela família do menino que ele era alérgico, apontam as investigações.

O prefeito do município, César Muñoz, contou à agência EFE que o menino sofria de uma quadro grave de asma desde a última segunda-feira, dia em que chegou à escola, e que no momento em que o menino tomou o iogurte, ele passou a apresentar dificuldades para respirar. Os monitores, então, ligaram para os pais da criança, que explicaram como teriam que aplicar a medicação que o menino havia levado para o passeio.

Diante da piora do estado da criança, os monitores decidiram levá-lo de carro até o hospital mais próximo, mas, ainda no caminho, ele sofreu uma parada cardiorespiratória, fazendo com que os monitores ligassem para a emergência.

Paramédicos atenderam o garoto e conseguiram reanimá-lo, mas ele faleceu logo que chegou ao hospital.

Agentes da Guarda Civil da cidade de Arroyomolinos começaram a investigar o caso. Amostras já foram coletadas para serem enviadas ao instituto de criminalística, para que sejam comparadas com o material colhido durante a autópsia.

Estavam previstos para serem ouvidos, nesta quinta-feira, os monitores da excursão e outras pessoas que têm informações sobre o caso.

O diretor do colégio onde a vítima estudava garantiu que as orientações das famílias são seguidas à risca, especialmente nos casos de crianças alérgicas.

Esse caso é semelhante ao de um menino de 2 anos e meio que morreu em 1986, ao ser internado em um hospital infantil em La Paz, com um quadro de bronquite. Na ocasião, duas enfermeiras deram iogurte "Petit Suisse" ao garoto, que era alérgico a derivados de leite. A criança morreu meia hora após ingerir o alimento, e as duas mulheres foram condenadas a um ano de prisão por não verificar o histórico clínico do menino.

Fonte: Terra