Menstruada, mulher corre Maratona de Londres sem usar absorvente

Kiran conta que desceu para ela na noite anterior a corrida

Image title


A americana Kiran Gandhi, de 26 anos, estava em seu período menstrual quando participou da Maratona de Londres e decidiu correr sem usar absorvente.

Uma atitude que afirma ter tomado para motivar mulheres a se sentirem orgulhosas pelo fato de menstruarem.

Em seu blog, Kiran conta que desceu para ela na noite anterior a corrida, e ela pensou que seria desconfortável e preocupante participar usando um absorvente. Então, ela decidiu que deixaria o sangue correr.

"Se há uma maneira de transcender a opressão, é correr uma maratona de qualquer jeito que você quiser", escreve ela. "No percurso da prova, o sexismo pode ser derrotado".

Kiran, que é formada em Administração pela Universidade de Harvard e se declara feminista, ainda afirmou que seu ato foi uma tentativa de aumentar a conscientização sobre as pessoas que não têm acesso aos produtos de higiene feminina, além de encorajar as mulheres a não sentirem vergonha deste período. Ao final da prova, que ela completou em quatro horas e 49 minutos, a mulher posou para fotos com a medalha, a roupa manchada e muito orgulho pelo que fez.

"Eu corri com sangue descendo pela minhas pernas, para as irmãs que não têm acesso aos tampões e para as irmãs que, apesar de cólicas e dor, escondem e fingem que este período não existe. Corri para dizer que ele existe e que nós o superamos todos os dias. A maratona era radical e absurda e sangrenta de maneiras que eu não poderia ter imaginado até o dia da corrida".

Image title

Image title



Fonte: Rede TV!