Mesmo com cessar-fogo, ataque rebelde mata 3 militares da Ucrânia

Separatistas pró-russos atacaram posto perto da cidade de Slaviansk. Na sexta (27), cessar-fogo havia sido prorrogado até segunda-feira.

Três membros das forças armadas da Ucrânia foram mortos neste sábado (28), quando separatistas pró-russos atacaram seu posto perto da cidade oriental de Slaviansk, segundo um porta-voz militar.

O ataque no posto ocupado por membros da "operação antiterrorista" do governo ocorreu apesar do cessar-fogo que foi prorrogado pelo governo na sexta até a noite de segunda-feira.

"Como resultado das ataques (dos rebeldes) no posto perto de Slaviansk, três membros das forças ucranianas foram mortos e um quarto ficou ferido", disse o porta-voz Oleksiy Dmitrashkovsky, citado pela agência de notícias Interfax.

O presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, anunciou a extensão do cessar-fogo na sexta-feira à noite, em parte pelo pedido de alguns líderes europeus, depois de voltar para Kiev de uma cúpula da União Europeia em Bruxelas, onde assinou um pacto de livre comércio.

Fonte: G1