Doze horas após soltura, Michal Lohan volta para prisão nos EUA

Em março deste ano, Michael foi preso por tentar sufocá-la. Em julho, Kate o acusou de tentar agredi-la em Nova York


Michael Lohan é preso novamento 12 horas após deixar a cadeia

Michael Lohan, 51, foi detido novamente nesta quinta-feira (27) 12 horas depois de deixar a prisão de Tampa, Flórida, segundo o site "TMZ". Segundo o relatório da polícia obtido pela publicação, Michael tentou entrar em contato por telefone com Kate Major, ex-namorada agredida na última terça-feira (25).

A polícia foi chamada por Kate e, assim que notificaram o caso, deteu o empresário no hotel. Ainda de acordo com o site americano, o empresário tentou fugir do local pulando uma varanda do terceiro andar, e acidentalmente acabou caindo em uma árvore. Após a tentativa de fuga, Michael teria tentado novamente entrar em contato com a ex-namorada.

De acordo com o site "Radar Online", Michel Lohan pode ter quabredo um pé no acidente. "Ela insiste em fazer isso. Ela precisa de ajuda, me liga. Sou um babaca. Ligo de volta, sou um idiota", disse Lohan assim que detido. Esta não é a primeira vez que Kate Major é agredida pelo pai de Lindsay Lohan.

Em março deste ano, Michael foi preso por tentar sufocá-la. Em julho, Kate o acusou de tentar agredi-la em Nova York. Na ocasião, Michael jogou uma cadeira e chutou o rosto da ex-namorada. Na última terça-feira (21), Kate teria sido agredida por se recusar a fazer sexo oral. Michael Lohan foi detido por violar sua condicional antes mesmo de ser julgado.

Na última terça-feira (25), Lindsay Lohan comentou a prisão do pai no site de relacionamentos Twitter. "Infelizmente, já era hora dele prestar seus serviços. Te amo mamãe", escreveu a atriz.


Michael Lohan é preso novamento 12 horas após deixar a cadeia

Fonte: Quem, revistaquem.globo.com