Milhares de pessoas fogem após sacudida do vulcão nas Filipinas

Milhares de pessoas fogem após sacudida do vulcão nas Filipinas

Moradores de Sorgorson observam o Monte Bulusan expelindo cinzas

Cerca de 3.000 pessoas abandonaram neste domingo suas casas depois que o vulcão Bulusan cuspiu uma enorme coluna de cinza e vapor de dois quilômetros de altura no leste das Filipinas, informaram fontes oficiais.

O primeiro estrondo foi seguido por uma série de pequenas explosões que durou quase dez minutos e fez os moradores temerem o pior, segundo o Instituto de Vulcanologia e Sismologia (Phivolcs). Trata-se da maior atividade desde que no dia 6 de outubro o Bulusan despertou.

O diretor do escritório local de proteção civil, Raffy Alejandro, disse que a sacudida desta manhã provocou a debandada de pelo menos 2.700 pessoas que vivem em duas aldeias situadas ao redor da cratera.

Fontes militares acreditam que pelo menos 70.000 residentes de 70 povoações próximas serão afetadas, se o vulcão entrar em erupção, algo que aconteceu pela última vez em 2006, sem provocar vítimas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br