Milionário morre após bater carrão de R$ 1,6 milhão em cerca na Inglaterra

Ele voou a 3 metros do veículo; passageiro teve apenas ferimentos leves

Um milionário que trabalhava no ramo de imóveis morreu neste domingo (19) após bater seu carro em uma cerca na Inglaterra, relata o "The Sun". O corpo dele foi lançado a 3 metros com uma porta do veículo, que foi destroçada, e um passageiro sobreviveu com ferimentos leves. A polícia ainda investiga o caso.


Milionário morre após bater carrão de R$ 1,6 milhão em cerca na Inglaterra

O Pagani Zonda Roadster que William Baranos, 52, dirigia chega a 346 km/h, acelera a 100 km/h em 3,5 segundos e tem valor estimado em R$ 1,6 milhão, de acordo com o jornal. Só há 206 em todo o mundo.

Segundo relatos de testemunhas à publicação, William passeava sem cinto de segurança e em alta velocidade em Watford, Herts, perto de Londres, e o carro foi comprado há pouco tempo. O passageiro seria filho de um amigo, de cerca de 20 anos, e estaria com cinto de segurança.

William deixa uma filha e a mulher Mirjana, de 36 anos. Eles viviam em um apartamento de quatro andares avaliado R$ 9,5 milhões em Aldenham, Herts. O local estava à venda porque eles procuravam um lugar maior para morar.


Milionário morre após bater carrão de R$ 1,6 milhão em cerca na Inglaterra

Modelo do Pagani Zonda Roadster, avaliado em R$ 1,6 milhão

Fonte: G1