Ministro dorme em evento e é executado na Coreia do Norte

15 funcionários do alto escalão da Coreia já foram executados

O ministro de Defesa da Coreia do Norte, Hyon Yong-Chol, foi executado após ser acusado de traição e desrespeito após ter dormindo durante um evento com a presenca de Kim Jong-un, ditador do país.


Image title

Um relatório foi divulgado informando que o ministro havia sido destituído do cargo e fuzilado.

Dados apontam que só em 2015, mais de 15 funcionários do alto escalão da Coreia já foram executados como punição por desfiar autoridades.

Fonte: Com informações da FOLHA