Morteiros matam ao menos nove crianças em escola de Damasco

Há alguns meses vários morteiros caem diariamente em diversos pontos da capital.

Ao menos nove crianças morreram e 27 pessoas sofreram ferimentos nesta segunda-feira em uma escola de Damasco atingida por disparos de morteiros, informou a televisão estatal.

"O balanço do ataque terrorista contra a escola São João de Damasco com disparos de morteiro aumentou a cinco mortos, todos eles crianças, de 27 feridos", indicou um boletim da tv estatal síria.

Outros quatro estudantes morreram quando um morteiro caiu sobre o ônibus escolar, no distrito de Bab Sharqi, centro da capital, indicou a agência de notícias oficial Sana, acrescentando que o motorista também morreu.

Seis passageiros desse veículo também ficaram feridos no "ataque terrorista", segundo a Sana.

O regime do presidente Bashar al Assad utiliza o termo "terrorista" para referir-se à oposição.

Há alguns meses vários morteiros caem diariamente em diversos pontos da capital. O regime acusa os rebeldes por esses disparos.

Fonte: Terra