Mulher checa tem tumor de 38 kg retirado de seu estômago; tinha medo de procurar ajuda médica

Mulher checa tem tumor de 38 kg retirado de seu estômago; tinha medo de procurar ajuda médica

Ela não procurou o hospital por ter medo dos médicos

Um tumor, pesado pouco mais de 38 kg, foi retirado de uma senhora na República Checa.

O crescimento estava tornando-se incontrolável e, pelas previsões, chegaria a 57 kg nos próximos meses. Ele estava crescendo dentro de seu estômago.

A mulher, que não foi identificada pela imprensa a pedido da família, não procurou ajuda antes porque estava com muito medo do que o médico falaria. O inchaço expandiu o estômago em 20 vezes o seu tamanho habitual.

A senhora de 47 anos só teve coragem de procurar ajuda quando o tumor atingiu um tamanho tal que ela não conseguia mais sair da cama. Ela passou por uma cirurgia que salvou sua vida. O tumor era maligno, segundo informações do Hospital Regional de Zlin.

Os cirurgiões levaram mais de 7 horas para removê-lo completamente. Ao total, ele media mais de 1 metro de circunferência. Os médicos tiveram que retirar tecido circundante, o que a deixou 63 kg mais leve.

Durante a cirurgia, ela necessitou de 20 transfusões de sangue. Zdenek Adamik, chefe do departamento de ginecologia e obstetrícia do hospital, disse que os médicos estavam confusos e não entendiam porque ela não tinha procurado ajuda antes. Eles estavam chocados sobre o motivo que levou seus pais a ficarem calados e não incentivá-la a procurar ajuda médica, considerando que ela estava incapaz de sair da própria cama.

Ainda não se sabe se ela conseguirá se recuperar da cirurgia. Os médicos continuam monitorando sua saúde.





Fonte: Jornal Ciência