Mulher de 31 anos fica com braço deformado e quase morre após ser picada por aranha

Mulher de 31 anos fica com braço deformado e quase morre após ser picada por aranha

Com o nível de emergência da situação, os médicos acharam que ela teria que amputar o membro

No Reino Unido, uma mulher contou como uma mordida de uma aranha quase a matou, depois de seu braço inflamar e ter o fluxo de sangue interrompido. Natalie Hemme, de 31 anos de idade, estava dormindo, em Surrey (condado situado ao sul da Inglaterra), quando o aracnídeo a mordeu. Em uma reação rara, seu braço inchou e o sangue parou de correr. Com o nível de emergência da situação, os médicos acharam que ela teria que amputar o membro. Mas após cinco operações, eles conseguiram salvá-la.

"Eu estava com tanta dor quando disseram que o meu braço precisava ser amputado que eu não me importava. Era uma agonia. Sei que tive muita sorte por sobreviver e manter o meu braço.", afirmou Hemme, que teve o braço reconstruído com uma parte de sua coxa.

Depois de três semanas no hospital junto com fisioterapia, a mulher foi capaz de voltar ao trabalho e seguir sua vida normalmente, mesmo tendo seu braço deformado. "Sinceramente, pensei que ia morrer.", contou Hemme.


Mulher de 31 anos fica com braço deformado e quase morre após ser picada por aranha

Fonte: Yahoo