Mulher de Nobel da Paz é detida após visitar marido

O casal se reuniu em um local secreto para informar sobre o prêmio

as autoridades chinesas detiveram a poetisa Liu Xia, mulher do dissidente chinês Liu Xiaobo, neste domingo, quando ela voltou para casa, em Pequim, após visitar o marido na prisão. Segundo a ONG Freedom Now, Liu Xia está em prisão domiciliar e não pode usar o telefone. As informações são do jornal El País.

Liu Xia havia viajado sob custódia para a província de Liaoning, onde visitou o marido para contar-lhe sobre o Prêmio Nobel da Paz. Segundo a ONG Freedom Now, a mulher do dissidente pediu que a imprensa noticiasse sua prisão.



O dissidente e crítico literário Liu Xiaobo, 54 anos, soube neste domingo que é o novo Prêmio Nobel da Paz, depois que as autoridades permitiram sua saída brevemente da prisão para encontrar-se com sua mulher. O casal se reuniu em um local secreto para informar sobre o prêmio. Liu Xia viajou de Pequim até a província vizinha de Liaoning sob forte proteção policial.

Fonte: Terra, www.terra.com.br