Mulher é acusada de matar própria neta com serra elétrica nos EUA

De acordo com as informações, a mulher tentou se suicidar, mas foi salva por um familiar que chamou a polícia

Uma imigrante mexicana, identificada como Manuela Rodríguez, foi acusada nesta terça-feira de homicídio em primeiro grau por ter cortado o pescoço de sua neta, de sete meses, com uma serra elétrica, informou a promotoria do condado Cook, nos Estados Unidos.


O assassinato ocorreu pela manhã em uma casa do bairro La Villita, o principal distrito da comunidade mexicana no sudoeste de Chicago, onde Manuela, de 52 anos, tomava conta da pequena Rose Herrera, segundo a imprensa local.

Aparentemente, a avó ficou furiosa porque a menina não parava de chorar e tentou sufocá-la introduzindo uma meia em sua boca. Depois bateu sua cabeça várias vezes e, finalmente, cortou seu pescoço com a motosserra.

De acordo com as informações, a mulher tentou se suicidar, mas foi salva por um familiar que chamou a polícia.

A morte foi declarada homicídio pelas autoridades, que mantêm Manuela sob custódia policial no Hospital Mount Sinai à espera de uma audiência judicial.

 

Fonte: MSN