Mulher é assassinada e incinerada por suposta bruxaria

O primeiro ato de violência contra María ocorreu há alguns meses.

Uma mulher foi assassinada e incinerada por desconhecidos após ser acusada de realizar supostas bruxarias contra mulheres de sua comunidade, no município de Santa Bárbara, na Colômbia. Embora os detalhes do crime ainda não tenham sido esclarecidos, alguns vizinhos da vítima declararam aos meios de comunicação que María, de 47 anos, "recebeu um golpe na cabeça, foi despida e depois queimada" Em entrevista à "Radio Caracol", a irmã de María, que se identificou como Sandra, explicou que um "bruxo ou curandeiro" havia instigado a população contra sua irmã, acusada por alguns membros da comunidade de "fazer malefícios, aparecer nos sonhos e atordoá-los".

O primeiro ato de violência contra María ocorreu há alguns meses, quando foi golpeada em frente à casa onde vivia. Segundo o prefeito de Santa Bárbara, Jorge Hernán Ramírez, este crime não é o primeiro deste tipo registrado no município, já que há seis anos outra mulher também foi assassinada acusada de bruxaria.

Fonte: R7, www.r7.com