Mulher e mãe de brasileiro desaparecido em mar revolto disputam sua fortuna de R$ 100 milhões

Mulher e mãe de brasileiro desaparecido em mar revolto disputam sua fortuna de R$ 100 milhões

Quase dois anos após seu desaparecimento, as circunstâncias continuam sendo um mistério

A mulher do milionário brasileiro Guma Aguiar, desaparecido no litoral da Flórida em 2012, disputa uma batalha legal com sua sogra e sua nora pela fortuna que este deixou, informou nesta quarta-feira a imprensa dos Estados Unidos.

Tanto Jamie, a mulher de Aguiar, como sua sogra e sua nora, Ellen e Angelika, respectivamente, reivindicam cada uma, em processos separados, a herança do brasileiro, que foi visto pela última vez em 19 de junho de 2012 pilotando sua embarcação em um mar revolto.

O iate de Aguiar, que tinha 35 anos quando desapareceu, foi achado no dia seguinte sem ninguém a bordo, com o motor ligado e encalhado na praia de Fort Lauderdale, ao norte de Miami.

A estimativa é que a fortuna do brasileiro ronde os US$ 100 milhões, riqueza que conquistou com uma empresa de gás natural e petróleo, da qual era cofundador, segundo o "Canal 10".

Jamie afirma em seu processo que seu marido já pode ser considerado morto e que, em sua última vontade, deixou dois terços de seus bens para ela e seus quatro filhos.

Mas a mãe de Aguiar garante que seu filho era um "alma generosa que lhe pagava uma mesada e lhe deu um cartão de crédito que podia usar sempre que quisesse", informou o canal.

Quase dois anos após seu desaparecimento, as circunstâncias continuam sendo um mistério e a informação recopilada pela Guarda Costeira americana, que buscou Aguiar por mar e ar durante mais de 70 horas, não chega a um resultado conclusivo se tudo se tratou de um suicídio, um acidente ou de um desaparecimento tramado pelo próprio milionário.

Na época do desparecimento, Aguiar passava por uma complicada situação financeira e tinha discutido com sua esposa sobre o fim de seu casamento.

Segundo declarou então o advogado da esposa e mãe dos quatro filhos do milionário, Aguiar - que foi internado durante um tempo por seus familiares em um centro psiquiátrico em Israel - estava perto de declarar falência.

Fonte: UOL