Mulher é presa por arracar os olhos do filho de cinco anos com uma colher em ritual satânico

Eles foram condenados a 30 anos de prisão cada, segundo o jornal The Mirror. Durante o ritual, o grupo dançava e invocava o demônio para vir dominar o mundo.

Maria del Carmen Garcia Rios, de 28 anos, vai amargar os próximos 30 em uma prisão por ter arrancado, com uma colher, os olhos do próprio filho de 5 anos, Fernando Caleb Alvarado Rios, durante um ritual satânico, na região de Nezahualcoyotl, no México.

Os pais da mulher, junto com uma irmã e dois irmãos também participaram do ritual, que aconteceu na cozinha da família, em maio de 2012. Eles foram condenados a 30 anos de prisão cada, segundo o jornal The Mirror. Durante o ritual, o grupo dançava e invocava o demônio para vir dominar o mundo.

Eles fecharam os olhos (para não verem o Diabo quando ele chegasse) e orientaram o menino a fazer o mesmo. Como a criança estava aterrorizada demais com o que estava acontecendo, não obedeceu. Foi quando Maria del Carmen, com a ajuda de sua irmã, agarrou o menino e arrancou os seus olhos. A polícia foi chamada por vizinhos, que ouviram os gritos de Fernando.

Um morador da região, Joaquin Arguellor, disse ao tribunal que a família era profundamente religiosa, mas não sabia que eram satanistas. Quando os agentes invadiram a casa, encontraram o menino gritando na cozinha, enquanto as duas mulheres estavam cobertas de sangue. Maria del Carmen confessou à polícia que tinha ordenado a retirada dos olhos do filho. O menino, agora com sete anos, precisa usar olhos de vidro enquanto seu corpo cresce.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Extra