Mulher "encara" suspeito de ataque que acabou matando militar; confira

Cena foi fotografada por passante e apareceu no Twitter

Uma mulher foi flagrada "encarando" um dos autores do ataque que deixou um militar morto na quarta-feira em Londres, segundo a imprensa britânica.


Mulher

Ingrid Loyau-Kennett aparece, em foto postada no Twitter, em frente a um dos suspeitos do crime da véspera, que está sendo encarado como um ato terrorista pelo governo britânico.

Em entrevista, ela, que é mãe de dois filhos, disse que "não teve medo" e que focou em manter o agressor ocupado, de modo que ele não atacasse mais ninguém na multidão.

"Eu não queria que ele ficasse assustado ou agitado", disse.

"Antes eu que uma criança", disse a mulher de 48 anos, que está sendo considerada uma heroína pela sua atitude. "Infelizmente, havia muitasa mães e crianças por ali, então era importante que eu falasse com ele e perguntasse o que ele queria."

Fonte: G1