Mulher faz cirurgia pra remover estômago após tomar drink em bar

Gaby Scanlon, hoje com 20 anos, ganhou a bebida Nitro-Jägermeister

Um bar de vinhos, na Inglaterra, foi sentenciado e multado após uma mulher precisar ter seu estômago removido, por conta de um drinque feito com nitrogênio líquido, oferecido de graça a ela.

Gaby Scanlon, hoje com 20 anos, ganhou a bebida Nitro-Jägermeister em comemoração de seu aniversário de 18 anos, no bar inglês. Mas, após ingerir o líquido, ela passou a sentir uma dor agonizante e foi obrigada a afrouxar suas roupas, tendo fumaça (nitrogênio) saindo de sua boca e nariz.

De acordo com o laudo médico, ela teve uma ‘explosão’ em seu estômago, quatro segundos após o coquetel ter sido consumido. “Eu perguntei o barman se eu poderia beber e ele disse que sim. De repente, começou a sair fumaça do meu nariz e de minha boca. Imediatamente eu sabia que algo não estava certo. Meu estômago expandiu e o gerente não fez nada”, disse ela.

A jovem foi levada para um hospital local para realização de uma cirurgia para remover seu estômago e seu intestino delgado foi conectado ao seu esôfago, para salvar sua vida.

O bar, que havia aberto apenas cinco meses antes do incidente, foi declarado culpado da acusação de falha no dever de um empregador de garantir a segurança dos clientes. Nenhuma avaliação de risco foi realizada. A juíza que deu a sentença, Pamela Badley, disse: “É surpreendente que nenhuma avaliação de risco tenha sido realizada. Houve uma falha nas advertências e conselhos de um oficial de saúde e segurança. Em geral, há evidências de incumprimentos graves e sistemáticos dentro da organização”.

O bar vendia diversos drinques utilizando nitrogênio líquido, a fim de criar um efeito de fumaça ao local, assim que o diretor da empresa, Andrew Dunn, viu bebidas semelhantes no Hotel Berkeley, em Londres. Mas, o oficial de saúde e segurança, Peter Lord, que visitou o bar antes do incidente, disse que não tinha preocupações sobre as bebidas e enviou uma carta com orientação sobre o uso de nitrogênio líquido, que não recebeu nenhuma resposta.

O procurador Barry Berlin, disse: “Imediatamente após consumir a bebida, a garota ficou violentamente doente, com náusea, vômitos e fumaça saindo de seu nariz e de sua boca. O próprio nitrogênio líquido é um produto perigoso”.

Após o consumo do nitrogênio líquido, que é utilizado para congelar verrugas, o tecido interno foi morto e o revestimento do estômago foi perfurado. O tribunal foi informado que, mesmo após três anos do acontecido, Gaby ainda sofre dores.

O responsável pelo estabelecimento pagou uma multa equivalente a R$ 115.000.




Image title


Image title


Fonte: Com informações do Jornal Ciência