Mulher faz jardim usando granadas da Guerra na Palestina pela paz

Então, como uma demonstração pacifica de resistência, uma mulher da Palestina, que vive próxima a capital, resolveu recolher os cases vazios das granadas de lacrimogênio e plantar flores neles.

Os confrontos entre Israel e Palestina parecem não ter fim nunca, porém, muitas pessoas dessas regiões afetadas pela guerra já estão cansadas de tudo isso. Então, como uma demonstração pacifica de resistência, uma mulher da Palestina, que vive próxima a capital, resolveu recolher os cases vazios das granadas de lacrimogênio e plantar flores neles.

O jardim fica localizado em uma área que foi recuperada pelos palestinos, próximo ao muro de segurança que está sendo construído e que vai ocupar 692 quilômetros ao redor de toda a região da Cisjordânia.

"Só podemos esperar que os líderes dessas nações cheguem a um acordo pacífico o mais rápido possível. Mas nesse meio tempo, é bom ver que o conflito falhou em derrotar completamente o espírito humano".





Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Razões para acreditar