Mulher morre atropelada na primeira caminhada após passar seis meses sem andar nos EUA

Mulher morre atropelada na primeira caminhada após passar seis meses sem andar nos EUA

Segundo o marido, Bill Okuly, foi a primeira vez que a mulher caminhou depois da recuperação

Após seis meses sem conseguir andar por conta de um acidente de moto, a americana Sally Ann Okuly, de 59 anos, morreu atropelada neste domingo ao atravessar a rua na frente de casa, em Woodbridge, na Virginia. Segundo o marido, Bill Okuly, foi a primeira vez que a mulher caminhou depois da recuperação.

"Ela sonhava em atravessar a rua para ir até o posto de gasolina do outro lado. Foi a primeira vez que ela se sentiu confiante para isso", contou Bill para a rede NBC.

Sally Ann, que deixa dois filhos, havia se recuperado de um câncer antes do acidente de moto e comemoraria 41 anos de casamento com Bill nesta segunda.

De acordo com a polícia, a motorista do carro que atropelou, Amanda Styles-Mays, de 24 anos, estava em alta velocidade e passou um farol vermelho.

Andar de moto era um dos hobbies de Sally, que era membro do clube de motociclistas Rolling Thunder .

Fonte: Terra