Mulher pega 30 anos depois de matar marido após casamento

Mulher pega 30 anos depois de matar marido após casamento

Jordan Linn Graha, de 22 anos foi julgada e poderia ter recebido pena de prisão perpétua.

Uma mulher recém-casada foi condenada a 30 anos de prisão após cometer um crime brutal. Ela empurrou seu marido de um penhasco oito dias após a cerimônia de casamento, no Parque Nacional Glacier, em Montana, Estados Unidos.

Jordan Linn Graha, de 22 anos foi julgada e poderia ter recebido pena de prisão perpétua. Ela admitiu ter empurrado Cody Johnson, de 25 anos, para a morte após uma caminhada.

A vítima caiu a uma altura de mais de 60 metros. Seu corpo foi encontrado quatro dias depois do incidente, quando a acusada alegava que não sabia onde estava o marido.

Fonte: NY Daily News