Mulher que dizia ter bomba no corpo fez voo desviar de rota

Mulher que dizia ter bomba no corpo fez voo desviar de rota

Passageira passou bilhete dizendo ter explosivo implantado cirurgicamente.

Uma mulher que dizia ter uma bomba implantada cirurgicamente no corpo provocou um incidente que fez um voo da U.S. Airways com 179 passageiros se desviar da rota nos Estados Unidos, na terça-feira (22).

O incidente ocorreu no voo 787, que seguia de Paris para Charlotte, na Carolina do Norte e fez um pouso de emergência no aeroporto de Maine. A mulher, uma cidadã francesa nascida em Camarões, na África, inicialmente entregou um bilhete para um membro da tripulação.

Segundo a emissora ABC, passageiros conseguiram deter a mulher, enquanto ela foi examinada por médicos que estavam a bordo. Os médicos não encontraram nenhum cicatriz ou evidência de processo cirúrgico recente.

Autoridades disseram à emissora que aparentemente a passageira sofria de problemas mentais.

Passageiros relataram que a mulher levantou da poltrona e se dirigiu ao banheiro do avião, com a mão sobre a barriga e perguntando se havia algum médico a bordo. Pouco depois, o piloto teria avisado que o voo seria desviado por estar com baixo nível de combustível.

Mesmo sem evidências de que a mulher levasse qualquer tipo de bomba, o incidente foi suficiente para espalhar o pânico entre os passageiros, que não sabiam ao certo o que estava ocorrendo.

Após o desvio e a detenção da mulher, eles puderam retomar o voo ao destino original, três horas e meia depois do horário previsto.

Autoridades estão investigando o que levou a mulher a instalar o terror durante o voo, já que ela não levava nenhum explosivo.

Fonte: G1