Silicone vaza e mulher perde movimentos após 200 plásticas

Silicone vaza e mulher perde movimentos após 200 plásticas

Dançarina também passou por mudança de sexo e teve que abandonar carreiro por conta de seus problemas.

Uma mulher que passou por 200 procedimentos cirúrgicos relacionados à estética está enfrentando consequências graves por conta de seu vício. Parte do silicone injetado em suas nádegas acabou migrando para as pernas, restringindo de forma considerável sua locomoção.

Monique Allen, de 58 anos, passou por uma cirurgia de mudança de sexo quando ainda tinha 22 anos. Segundo ela, quase todas as partes de seu corpo foram alteradas ao longo de sua vida.

Ela estima que já gastou algo em torno de R$ 485 mil em operações durante esses 35 anos. Criada no Condado de Orange, na Califórnia, EUA, ela afirma que nunca teve medo das cirurgias.

Seu vício em operações a fez passar por diversos médicos que não tinham licença para realizar os procedimentos. Dançarina, ela teve que abandonar seu trabalho após parte do silicone injetado nos glúteos ter ?vazado? pelas pernas. Isso acabou restringindo os movimentos dos membros inferiores.

Apesar dos contratempos, Monique afirma que não sente que superou seu vício. Ela ainda pretende passar por algumas operações no rosto.

Mesmo assim, a mulher se sente feliz com os rumos que a vida lhe deu. ?Estou muito feliz comigo mesma agora. Já fiz algumas coisas que prejudicaram meu corpo, mas eu me sinto bem com isso agora?, contou. ?Uma vez que você se torna viciada, sempre será viciada. Eu poderia ir amanhã [realizar nova operação]... Eu amo isso?, concluiu.


Mulher que passou por mais de 200 cirurgias plásticas perde mobilidade após silicone

Fonte: Tech Mestre