Mulheres sobreviventes do câncer desfilam em festival islâmico

Evento foi organizado como forma de "tratamento alternativo", para melhorar a autoestima de mulheres que sofreram da doença

Mulheres que sobreviveram ao câncer desfilaram na última terça-feira (18) no evento Festival de Moda Islâmica, em Kuala Lumpur, na Malásia. As mulheres, que vestiram peças de estilistas famosos como Salikin Sidek e Calvin Thoo, fizeram parte da campanha Giving Hope, Toucing Hears (Dando Esperança, Tocando Corações, em português), que serve de terapia alternativa para mulheres que procuram resgatar sua autoestima por meio da passarela. As informações são do Daily Mail.

Durante o desfile, as pacientes foram maquiadas e conheceram as novas coleções dos estilistas, que abusaram de estampas em peças de seda, como vestidos, túnicas e lenços para a cabeça. Outra característica do desfile foram os ornamentos para a cabeça, sempre brilhantes e cheio de penas.

A iniciativa foi organizada pela ONG Pink Unity, que tem como embaixadora a primeira-dama do sultão de Perak, um dos estados da Malásia.





Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Terra