Museus americanos proíbem uso do pau de selfie

Metropolitan Museum of Art, um dos mais importantes de Nova York, considera o utensílio que pode ser perigoso para outros visitantes ou danificar as obras de arte.


O renomado jornal 'The New York Times" publicou que os principais museus americanos vão proibir os cada vez mais populares "paus de selfie". Segundo a reportagem, o Metropolitan Museum of Art, um dos mais importantes de Nova York, considera o utensílio perigoso para outros visitantes ou danificar as obras de arte.

O Museu de Arte Moderna de Nova York (o famosíssimo MoMA) sempre proibiu o pau de selfie e qualquer outro tipo de extensão para câmera fotográfica. Na Galeria Nacional de Wahsington, por enquanto, os visitantes que resolverem esticar a varinha de selfie são discretamente orientados a guardá-la, mas uma proibição mais explícita em material impresso deve ser implementada. O Museu de Belas Artes de Houston planeja fazer o mesmo.

Em importantes museus de outros países, como no Louvre, em Paris, e o Tate Modern e Galeria Nacional, em Londres, o pau de selfie ainda é permitido - por enquanto. As placas que proíbem explicitamente os paus de selfie serão colocados em breve.

 

Fonte: Globo.com