Nº de mortos em choque entre trens e ônibus sobe na Argentina

Acidente ocorreu no bairro de Flores, em Buenos Aires, no rush matinal

O número de mortos no choque entre dois trens e um ônibus na manhã desta terça-feira (13) em Buenos Aires, capital da Argentina, subiu de 7 para 9, segundo a polícia.

O acidente foi flagrado por uma câmera de segurança. Assista no vídeo ao lado. Ao menos 200 pessoas ficaram feridas, e, dessas, 50 estavam em estado grave. O acidente ocorreu em uma passagem de nível no bairro de Flores, no sudoeste da cidade.

"Os bombeiros resgataram pessoas que estavam no ônibus, no trem e na estação, incluindo um bebê de dois anos", afirmou Omar Bravo, comandante dos bombeiros. Os feridos foram levados a quatro hospitais.



O acidente ocorreu na linha Sarmiento, que une a estação Once, no centro da capital, com a periferia oeste. O choque ocorreu por volta das 7h locais, quando centenas de milhares de pessoas se deslocavam para o trabalho.

Gustavo Gago, gerente de Relações Institucionais da empresa de trens da capital, relatou que um trem que entrava na estação de Flores chocou-se com um ônibus da linha 92 e o prensou contra a plataforma.

O trem então saiu dos trilhos, invadiu outra via e bateu lateralmente com outra composição, que vinha de Moreno. O maquinista de um dos dois trens, Alberto Carbonelli, cujas pernas ficaram presas entre as ferragens, foi o último a ser resgatado e foi levado lúcido de helicóptero até o hospital Alvarez, onde era operado, afirmou a diretora do centro, Diana Galimberti.

Segundo um funcionário da estação, o ônibus cruzou o local quando as barreiras da passagem de nível estavam abaixadas, mas a polícia afirmou que essa versão ainda deve ser confirmada.

Fonte: G1