Nasce o primeiro bebê argentino de duas mulheres

O documento de Bautista é o primeiro entregue por um cartório portenho com o nome das duas mães

Nesta sexta-feira nasceu em Buenos Aires o pequeno Bautista, o primeiro bebê registrado na capital argentina por duas mães casadas após a aprovação da lei nacional que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em 2009.

O documento de Bautista é o primeiro entregue por um cartório portenho com o nome das duas mães e não apenas da mãe biológica. Cartórios do interior do país já tinham incorporado plenamente a lei de 2009, mas a cidade de Buenos Aires continuava sem dar este passo histórico para o país.

A foto de Bautista já está nas redes sociais, onde muitas pessoas comemoraram sua chegada a este mundo e o respeito de seus direitos.



Fonte: O Globo