Continuam buscas pelos corpos em destroços de avião na Nigéria

Continuam buscas pelos corpos em destroços de avião na Nigéria

Acidente em Lagos matou todos os 153 que estavam a bordo

Equipes de resgate buscavam nesta segunda-feira (4) corpos entre os destroços do avião de passageiros que chocou-se contra um prédio em Lagos, matando todos os 153 a bordo.

Pode haver mais mortos entre as pessoas que estavam em solo, mas não há confirmação oficial.

O acidente envolveu uma aeronave da companhia Dana Air, que fazia a rota entre a capital do país, Abuja, e Lagos.

"Era um avião da companhia Dana que vinha da capital, Abuja, para Lagos com 153 passageiros a bordo", disse Demuren. O site da Dana informa que a companhia opera um Boeing MD-83 em viagens na região do acidente.

Mais corpos foram retidados nesta segunda no local, ainda coberto de fumaça.

"Setenta corpos foram retirados até agora dos escombros, os esforços continuam para removermos os corpos remanescentes", disse à Reuters Oke Osanyintolu, chefe da Agência Nacional de Combate a Emergências de Lagos, no local do desastre.

Um guindaste ajudava as equipes de resgate a remover os destroços.

As equipes encontraram um objeto que acreditam ser a caixa-preta do avião e a entregaram para a polícia, disse Bankole Abayomi, diretor de busca e resgate da agência do governo.

A causa do acidente ainda é desconhecida.

Barulho e fumaça

Segundo o porta-voz da Polícia do estado de Lagos, Joseph Jaiyeoba, o avião caiu no bairro de Iju, no norte da cidade de cerca de 8 milhões de habitantes.

Moradores da área disseram que ouviram um forte barulho e viram fumaça. Em seguida, caminhões de bombeiros e ambulâncias começaram a passar em alta velocidade rumo ao local do acidente.

"Nós ouvimos uma grande explosão, e inicialmente pensamos que fosse um botijão de gás", disse Timothy Akinyela, 50, um jornalista local que estava assistindo a um jogo de futebol com amigos num bar próximo do local do acidente. "Depois, houve diversas explosões e todo mundo saiu correndo. Foi assustador. Houve confusão e gritaria", continuou Akinyela.

Moradores locais ouvidos pela AFP disseram que o avião, que voava em baixa altitude e fazendo um barulho ensurdecedor, bateu contra um prédio de dois andares. A aeronave "voou muito baixo durante cinco minutos, com um ruído infernal, e atingiu uma área residencial", disse uma testemunha. Outros habitantes contaram que o avião caiu com a parte dianteira voltada para baixo. Em seguida, diversas casas, prédios e veículos pegaram fogo.

Trata-se do segundo acidente de um avião nigeriano em menos de 24 horas. No sábado, uma aeronave de carga da Allied Air saiu da pista ao tentar aterrissar em Acra (Gana) e se chocou contra um ônibus, causando dez mortes.

Desde 1992, quando um avião militar nigeriano caiu perto de Lagos, causando a morte de 158 pessoas, o país sofreu seis catástrofes aéreas que deixaram entre 100 e 150 mortos. Entre outubro de 2005 e outubro de 2006, caíram no país três aeronaves que faziam voos domésticos, provocando a morte de ao menos 320 pessoas.

Fonte: G1