No Peru, resgate tenta salvar explorador que caiu em caverna há mais de sete dias

Equipes de resgate ainda tentam retirar Cecilio Lopez de caverna. Ele teve ferimentos em vértebras e não pode se mexer.

Um espeleólogo espanhol está preso em uma caverna que fica na região da selva amazônica, no Peru, há mais de sete dias, após um acidente.

Cecilio Lopez ficou ferido após cair de uma altura de cinco metros dentro de uma caverna no distrito de Leimebamba, a mais de 600 km ao nordeste da capital Lima.

 O coordenador do resgate, James Apaestegui, disse que um médico conseguiu alcançar a vítima. O conhecido explorador teve ferimentos em duas vértebras lombares, o que limita seu movimento.

“Ele está deitado de barriga para cima. Ele pode se mover lateralmente, mas não pode levantar”, disse Apaestegui.

A equipe tem enviado comida, água e remédios a Lopez, mas sua retirada é complicada devido ao local da caverna, que é muito remota, e ao seu acesso, que é apertado.

“Ele fica acompanhado e está esperando a chegada de uma maca para começar sua retirada”, disse o coordenador do resgate.

Equipes peruanas e estrangeiras de exploradores estão ajudando no trabalho de resgate, incluindo um grande contingente da Espanha.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: G1