Noiva é criticada após se casar com filha recém-nascida presa ao vestido: "Protegida por Cristo"

Noiva é criticada após se casar com filha recém-nascida presa ao vestido: "Protegida por Cristo"

A noiva recebeu ameaças de denúncias às entidades responsáveis pelos direitos das crianças

Apesar de alguns rituais em cerimônias de casamento saírem um pouco do comum, uma noiva americana chocou ao escolher uma forma inusitada de integrar a filha de apenas um mês na cerimônia de casamento. Shona Carter-Brooks prendeu a menina à cauda do seu vestido de noiva, e a recém-nascida foi arrastada pelo chão da igreja até o altar.

O caso aconteceu no Tennessee, nos Estados Unidos, e provocou indignação. Segundo o jornal Daily Mail, a noiva recebeu ameaças de denúncias às entidades responsáveis pelos direitos das crianças. Ela negou que a menina estivesse em perigo, e disse que a filha estava "acordada e muito segura", além de estar "protegida por Cristo".

A cerimônia aconteceu no mês passado, na cidade de Ripley, e as fotos com a criança presa à cauda do vestido se espalharam rapidamente na internet. O vestido de Sharon, da famosa estilista Vera Wang, foi adaptado para poder prender a bebê, Aubrey.

Em sua página do Facebook, Shona disse que não se arrependeu da atitude.

"As pessoas estão questionando porque fizemos isso, cheias de comentários negativos. Nós acreditamos que estávamos protegidos pelo sangue daquele que nunca perde o seu poder. Então esta é para a mídia, o rádio, os noticiários e quem mais esteja querendo falar cobre o que nós fazemos: "Mídia mídia eu sei como funciona independente da situação ou do propósito - as pessoas sempre tem algo negativo a dizer. A resposta é que nós fazemos o que nós queremos, quando nós queremos. E enquanto Jesus estiver do nosso lado tudo deu certo e tudo vai continuar a dar certo".


Noiva é criticada após se casar com filha recém-nascida presa ao vestido:

Fonte: Estadão