Nome de dom Odilo Scherer ganha força entre cardeais

Nome de dom Odilo Scherer ganha força entre cardeais

Scherer, arcebispo de São Paulo, é estimado por Tarcisio Bertone

Nos dias que antecedem o encontro pretaratório dos cardeiais para o Conclave, já tiveram início nos bastidores manobras para indicar favoritos à sucessão de Bento XVI. De acordo com o jornal italiano La Stampa, alguns cardeais já mantiveram reuniões secretas, durante as quais teriam articulado a candidatura do brasileiro dom Odilo Scherer, 63 anos.

Scherer, arcebispo de São Paulo, é estimado por Tarcisio Bertone, secretário de Estado da Santa Sé. "Sólido na doutrina, (Scherer) se familiariza com questões financeiras, e é um dos cinco cardeais que supervisionam as atividades do IOR, o banco do Vaticano", afirma o La Stampa. O nome de Scherer conta com o apoio do cardeal italiano Giovanni Batista Re, prefeito emérito da Congregação para os Bispos e presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina.

Um dos grupos que apoiariam dom Odilo Scherer seria o dos americanos, que destacam a necessidade de o pontificado sair da Europa para que a Igreja tenha sua força renovada. Brasileiro, de origem alemã (agradável ao camerlengo Tarcisio Bertone), arcebispo de São Paulo, tem experiência na Cúria Romana e uma doutrina sólida. Ele também tem familiaridade com questões financeiras, sendo um dos cinco cardeais que supervisiona as atividades do Banco do Vaticano", especulou o vaticanista Giacomo Galeazzi.

Fonte: Terra, www.terra.com.br