Nova York tem festa e protesto no 1º dia de casamentos gays

Nova York tem festa e protesto no 1º dia de casamentos gays

Cidade recebeu recorde de pedidos no primeiro dia em vigor de lei estadual.

Nova York começou a celebrar na manhã deste domingo (24) os primeiros casamentos entre gays da sua história, marcado pelo recorde de bodas realizadas na cidade, no primeiro dia em vigor da lei estadual que reconhece o casamento de casais do mesmo sexo.

"Dez, nove, oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um.., Aceito!", gritaram entusiasmados os casais quando foram abertas as cercas de metal colocadas na porta de um cartório de registro civil, por volta das 8h30, horário local, no número 141 da rua Worth, no sul de Manhattan.

Por causa do excesso de pedidos, a prefeitura anunciou na terça um sorteio para designar o matrimônio de 764 casais, um recorde para a cidade.

As ativistas dos direitos dos homossexuais Kitty Lambert e Cheryle Rudd foram as primeiras a se casar legalmente, em cerimônia realizada logo após 0h na madrugada deste domingo (24).

Na fila era possível ver muitas sombrinhas coloridas para suportar o sol e o calor que afetam a cidade nos últimos dias. Muitos casais vestiam roupas elegantes enquanto outros optaram por roupas mais chamativas.

Do outro lado da rua, na esquina do cartório de Manhatam, uma dezena de pessoas contrárias ao casamento entre homossexuais vaiavam.

Fonte: G1