Cerca de 43 pessoas morrem após terremoto nas Filipinas

A maioria das vítimas morreu em desabamentos de residências na ilha de Negros, segundo a polícia local


Número de mortos em terremoto nas Filipinas passa de 40

Pelo menos 43 pessoas morreram nesta segunda-feira (6) na região central das Filipinas vítimas de um terremoto de magnitude 6,7, que derrubou casas, balançou edifícios e provocou cenas de pânico em várias cidades, segundo o Exército.

A maioria das vítimas morreu em desabamentos de residências na ilha de Negros, segundo a polícia local.

O tremor aconteceu a uma profundidade de 46 km perto do meio-dia (1H49 de Brasília), com epicentro no mar, entre as ilhas de Negros e Cebu, 70 km ao norte da cidade de Dumaguete (Negros), segundo o Serviço Geológico dos EUA.

O centro de alerta de tsunamis do Pacífico, com sede no Havaí, não emitiu um alerta de maremoto, mas as autoridades locais emitiram um aviso.

Horas depois, o país foi atingido por dois tremores secundários de magnitude 6,2 e 6, segundo o USGS.

O terremoto de meio-dia quebrou janelas e provocou fissuras nas paredes de edifícios nas cidades de Cebu (a segunda mais habitada do país) e São Carlos, na ilha de Negros, mas nenhuma estrutura desabou, segundo Benito Ramos, diretor da defesa civil.

Moradores descreveram cenas de pânico e muitas pessoas correram para as ruas com medo de novos tremores.

Fonte: G1