Obama critica propostas econômicas de republicanos

Os republicanos, por sua vez, também chamam as políticas de Obama como desastrosas.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, criticou a agenda econômica proposta dos republicanos neste sábado, classificando as propostas de seus adversários como "eco de uma década desastrosa que não podemos reviver".

Em seu discurso semanal para rádio e Internet, o democrata Obama disse que os planos republicanos de derrubar a reforma no setor saúde e estender os cortes de impostos da era Bush para todos os americanos não resolveriam os problemas do país.

Os republicanos, por sua vez, também chamam as políticas de Obama como desastrosas e prometem resolver as "medonhas" condições econômicas de forma mais eficaz se tomarem o controle de uma ou das duas Câmaras do Parlamento nas eleições legislativas de novembro.

Os deputados republicanos apresentaram na quinta-feira seus planos para criar empregos e cortar impostos, a esperança de seduzir os eleitores, preocupados com o desemprego que já chega a dois dígitos e com os crescentes déficits fiscais.

Já a Casa Branca tem tentado associar as ideias republicanas como remanescentes do ex-presidente George W. Bush, governo que a equipe de Obama acusa pelas más condições econômicas herdadas no início de 2009.

"É tudo baseado na mesma filosofia: cortar impostos para milionários e bilionários; desregulamentação para Wall Street; e deixar a classe média à própria sorte," disse Obama, de acordo com um texto do seu discurso.

Fonte: Terra