"Objectum sexual" faz mulher se apaixonar pela E. da Liberdade

"Objectum sexual" faz mulher se apaixonar pela E. da Liberdade

Ela sofre de um problema incomum chamado "objectum sexual" ou "objectofilia"

A britânica Amanda Whittaker, de 27 anos, diz estar apaixonada pela Estátua da Liberdade. Mas, enquanto a maioria aprecia o que ela representa, Amanda afirma sentir amor de verdade pelo famoso monumento de Nova York (EUA), segundo a emissora de TV "NBC".

Ela sofre de um problema incomum chamado "objectum sexual" ou "objectofilia", em que a pessoa se apaixona por objetos inanimados em vez de pessoas. Em todo o mundo, há cerca de 40 pessoas que sofrem desse mesmo problema, todas mulheres.

Amanda tem uma réplica de 1,8 metro da Estátua da Liberdade em sua casa em Leeds, no Reino Unido. "Outras pessoas podem ficar chocadas ao pensar que posso ter sentimentos amorosos por um objeto, mas eu não sou igual a elas", afirmou.



Fonte: G1