Oscar Pistorius teria matado namorada por causa de gravidez

Oscar Pistorius teria matado namorada por causa de gravidez

A família Steenkamp, no entanto, negou a versão.

O caso Pistorius ganhou mais um capítulo controverso. O tabloide britânico ""Daily Mail"" divulgou nesta quarta-feira que uma fonte próxima à investigação afirmou que a polícia acredita que uma gravidez secreta da modelo Reeva Steenkamp, revelada na noite dor crime, causou uma briga entre ela e o atleta, que terminou com os tiros.

A família Steenkamp, no entanto, negou a versão e levantou a hipótese do boato estar sendo construído par ajudar na defesa de Oscar Pistorius, que responde pelo assassinato em liberdade após ter o pedido de fiança aceito. Ele será julgado dia 4 de junho.

- A autópsia teria revelado se Reeva estivesse grávida. E não revelou nada neste sentido. Isso pode vir do outro lado, para construir algum apoio ao Oscar - disse Mike Steenkamp, parente e porta-voz da família da modelo.

Na semana passada, a promotoria responsável pelo caso acusou Oscar Pistorius de assassinato premeditado de Reeva Steenkamp, enquanto o atleta diz que confundiu a namorada, que foi alvejada dentro do banheiro de sua casa, com um ladrão.



A fiança estipulada pelo juiz Desmond Nair foi de 1 milhão de rands, cerca de R$222,2 mil. Pistorius deve entregar todos os passaportes, não pode entrar em nenhum aeroporto, precisa entregar todas as armas e não deve falar com testemunhas.

O atleta também deverá informar aos policiais sobre onde vai e precisa pedir permissão para viajar para fora de Pretória. Ele não pode ser acusado de violência contra mulher, deve fornecer um número de telefone e estar contactável o tempo todo. O consumo de álcool ou drogas é proibido.

Fonte: G1