Padre católico guarda milhões de euros em um banco na Itália.Veja.

Padre católico guarda milhões de euros em um banco na Itália.Veja.

O monsenhor Núnzio Scarano, ex-homem forte das finanças do Vaticano, vai ter que dar explicações à polícia sobre as novas denúncias contra ele.

O monsenhor Núnzio Scarano, ex-homem forte das finanças do Vaticano, vai ter que dar explicações à polícia sobre as novas denúncias contra ele.

Segundo a imprensa italiana, 3 milhões de euros (quase R$ 9 milhões) foram encontrados na conta do padre, que é suspeito de comandar uma série de transações ilegais envolvendo o banco do Vaticano, onde movimentava pelo menos três contas. O monsenhor foi preso em junho deste ano, acusado de lavagem de dinheiro, evasão fiscal e corrupção.

Entre os bens valiosos de Scarano, estaria uma propriedade de luxo no centro histórico de Salerno, no sul da Itália. O imóvel foi avaliado em quase R$ 3,4 milhões. Segundo autoridades italianas, o dinheiro usado na compra do imóvel e de uma vaga de garagem no valor de R$ 190 mil veio de uma conta no banco do Vaticano.

O religioso teve os bens bloqueados e permanece detido em uma prisão em Roma.

Veja vídeo:

Fonte: r7