Pai mata o próprio filho com machado alegando que ele era um “demônio” e que iria comê-lo

Pai mata o próprio filho com machado alegando que ele era um “demônio” e que iria comê-lo

Um pai matou o próprio filho a machadadas e, como se na bastasse, alegou à polícia que acreditava que o filho era um demônio

Um caso tenebroso ocorreu em Phoenix, Arizona, na véspera do ano novo. Um pai matou o próprio filho a machadadas e, como se na bastasse, alegou à polícia que acreditava que o filho era um demônio que queria comê-lo.

Gary Sherrill, o pai, foi preso na noite de ano novo, depois de sua ex-mulher chamar a polícia, ao perceber o ocorrido.

O filho, de apenas 13 anos, sofreu uma série de facadas e outras lacerações.

Quando os policiais perguntaram a Gary onde o menino estava, ele disse que não estava lá. E deixou os policiais irem à casa, onde o corpo foi encontrado.

Fonte: techmestre