Tribunal processa pai acusado de amarrar filha pequena com fita

Andre Curry, de 21 anos, foi processado por agressão doméstica agravada e prisão arbitrária


Pai que postou no Facebook foto da filha amarrada com fita se diz inocente

Um pai de Chicago acusado de amarrar sua filha pequena com fita adesiva azul e postar a foto no Facebook disse nesta quinta-feira (26), diante do tribunal, que é inocente.

Andre Curry, de 21 anos, foi processado por agressão doméstica agravada e prisão arbitrária.

Um porta-voz da promotoria do condado de Cook disse que Curry continua sob custódia e deve voltar ao tribunal nesta sexta. Seu advogado quer baixar o valor de sua fiança, estabelecida em US$ 100 mil.

O advogado afirmou que Curry só estava "tentando ser engraçado" com a foto e não quis causar mal à menina, de 22 meses.

A mãe da criança disse à TV local WMAQ-TV que Curry só estava brincando e que ele é um grande pai.

Na foto, a menina aparece com mãos, pernas e boca cobertas por uma fita azul.

Na descrição da imagem ele escreveu: ?Isso é o que acontece quando meu bebê me bate.?

A fotografia foi removida, mas a polícia não tem detalhes de quando isso aconteceu.

Fonte: G1