Papa Francisco pede diálogo para solução da crise instalada na Ucrânia

Papa Francisco pede diálogo para solução da crise instalada na Ucrânia

Pontífice pediu que partes envolvidas superem "incompreensão mútua". Rússia ameaça intervir militarmente na região ucraniana da Crimeia.

O Papa Francisco pediu, durante a cerimônia dominical do Angelus, que as partes envolvidas nos conflitos na Ucrânia superem sua "incompreensão" mútua e pediu para que a comunidade internacional faça o possível para promover o diálogo.

Pedindo aos fiéis reunidos na Praça de São Pedro que rezassem pela Ucrânia, o papa desejou que "todas os lados no país trabalhem para superar suas diferenças".

Ele também fez um apelo para que "a comunidade internacional apoie qualquer iniciativa em favor do diálogo e da harmonia".

Os católicos são numerosos no oeste da Ucrânia, majoritariamente europeu, enquanto os cristãos ortodoxos dominam o leste do país, mais próximo à Rússia.

O pedido do Papa ocorre no momento em que a Rússia ameaça intervir militarmente na Ucrânia, especialmente na península autônoma da Crimeia, alimentando o temor do Ocidente de uma possível divisão do país.

Fonte: G1