"Parem com essa farsa", diz Obama sobre bloqueio orçamentário nos EUA

Declaração foi feita em sua mensagem semanal na internet e no rádio.

O presidente dos EUA, Barack Obama, fez novo apelo neste sábado (5) contra o bloqueio do orçamento federal.



"Vão e votem. Parem com esta farsa e ponham fim ao bloqueio agora", disse em sua mensagem semanal na internet e no rádio, dirigindo-se aos parlamentares republicanos.

A falta de acordo entre republicanos e democratas sobre o orçamento paralisa desde terça-feira a administração americana e não parece estar perto de uma solução.

"O Senado já o fez e há republicanos e democratas suficientes na Câmara de Representantes dispostos a fazer o mesmo e pôr fim imediato a esse fechamento", disse.

Obama criticou o que chamou de "extrema direita" do Partido Republicano, que segundo ele não permite que o presidente da Câmara de Representantes, o republicano John Boehner, submeta o orçamento federal do ano fiscal 2014 a votação.

Obama já havia declarado na quinta-feira que Boehner tentava satisfazer os extremistas do partido.

O presidente se recusa a negociar com os republicanos com base em condições como cortes no orçamento da lei de saúde - a principal conquista de Obama -, aprovada em 2010 e referendada pela Suprema Corte.

Os republicanos ameaçam condicionar a negociação do orçamento à autorização para o aumento do teto da dívida dos Estados Unidos.

Sem um acordo que permita aumentar o teto legal de endividamento do país, os Estados Unidos poderiam entrar em moratória pela primeira vez na história.

O Congresso se reúne neste sábado para discutir o tema, mas sem a perspectiva de chegar a um acordo.

Fonte: G1