Pastor que é contra homossexualidade é preso após pedir sexo oral a homem

Pastor Gaylard Williams, que se pronunciou contra a homossexualidade, foi preso ao agarrar genitais e pedir relação oral de homem

Um pastor que se pronunciou contra a homossexualidade foi preso por agarrar as genitais de um homem antes de pedir para ter relação oral com ele.


Gaylard Williams, de 59 anos, é acusado de ter abordado um homem de 27 anos de idade que estava parado perto de Cypress Lake, Seymour, Indiana (EUA).

A vítima abaixou a janela do carro e começou a conversar com Williams. Mas, após o pastor apertar seu órgão genital, o homem lhe disse que estava solicitando para a pessoa errada.

Williams fugiu quando a vítima tentou pegar uma arma. A polícia dois acionada e prendeu o agressor, que admitiu que tinha conteúdos homossexuais em seu carro.

O pastor começou a dizer que o conteúdo íntimo homossexual pertencia a outra pessoa, e ele estava levando para devolve-lo. Williams é um pastor da Igreja Catedral Louvor de Deus.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: Metro