Professora é acusada de realizar sexo oral em estudante de 13 anos nos EUA

Ela foi presa e acusada esta semana por conduta sexual criminosa com um menor

Elizabeth Marie Moss, de 31 anos, está de licença de seu emprego na Chestnut Oaks Middle School, em Sumter, Carolina do Sul, EUA, desde de 11 de fevereiro.

Ela foi presa e acusada esta semana por conduta sexual criminosa com um menor e por contribuir para a sua delinquência. Sua advogada contesta as acusações.

"Nossa investigação confirmou que ela estava em um relacionamento sexual com o aluno", disse o xerife do condado de Sumter, Anthony Dennis. "A escola recebeu a informação em primeiro lugar e, em seguida, entrou em contato conosco. A administração do distrito tem cooperado totalmente com a investigação".

As autoridades disseram que o ataque ocorreu em algum momento entre março e abril do ano passado. Durante uma conferência de imprensa, Dennis disse que a escola tornou-se ciente de mensagens no Facebook que Moss havia enviado para a vítima e os outros alunos, e que foram "inapropriadas", embora não necessariamente de natureza sexual.

Dennis também disse que a investigação está em curso e mais vítimas poderão surgir.

A advogada de Moss, Rose Mary Parham, disse: "Essas alegações surgiram depois que Beth disciplinou alguns de seus alunos na escola. Ela é inocente de todas as acusações e espera seu dia no tribunal".

Fonte: Huffingtonpost