Pesquisa confirma uma vantagem do partido de Angela Merkel na Alemanha

Eleição parlamentar será realizada neste domingo; resultados apontam formação de governo de coalizão

A chanceler alemã, Angela Merkel, alcançará neste domingo (20/09) uma clara vantagem sobre seus rivais, mas precisará de um parceiro para governar em coalizão, segundo uma pesquisa de opinião do Instituto Forsa, divulgada nesta sexta-feira.

O centro estima que a conservadora CDU (sigla em alemão da União Democrata-Cristã) da chanceler obterá 40% dos votos, um ponto a mais que na pesquisa da semana passada, mas insuficiente para uma maioria parlamentar.

Além disso, o estudo constata os dados de anteriores enquetes eleitorais ao dar aos tradicionais parceiros de Merkel, os liberais, com apenas 5% dos votos, o mínimo previsto na cláusula de barreira para chegar ao Bundestag (câmara de deputados alemã).

Por sua parte, o SPD (Partido Social-Democrata), de centro-esquerda, alcançará 26% dos votos. Outras legendas que devem compor o Parlamento são Os Verdes (tradicionais aliados do SPD), com 10%, o Die Linke (A Esquerda), com 9%.

Os eurocéticos de AfD (Alternativa para a Alemanha) terão 4% dos votos e Os Piratas somarão 2%, acrescenta, e portanto ambos ficariam fora do Bundestag.

Os resultados apontam para a formação de um governo de coalizão entre Merkel e o SPD.

Fonte: Opera Mundi