Pitbull salvo à beira da morte comove os EUA e procura um novo lar

Pitbull salvo à beira da morte comove os EUA e procura um novo lar

- Ele é um lutador tremendo — disse o médico veterinário Thomas Scavelli

A história de um pitbull está comovendo os Estados Unidos, um ano depois de o cão ser salvo da morte num compactador de lixo. Na época, Patrick pesava o equivalente a nove quilos. Agora, o cão reapareceu na mídia americana à procura de um novo dono. E já nem lembra mais o antigo cãozinho magro e abatido que foi um dia.

Segundo reportagem do "Daily Mail", o porte raquítico dos tempos de maus-tratos deu lugar a um corpo musculoso de cerca de 25 quilos. Patrick passou o último ano num abrigo, recebendo tratamento veterinário.

? Ele é um lutador tremendo ? disse o médico veterinário Thomas Scavelli, que cuidou do cão.

Patrick tem recebido mensagens do mundo inteiro, depois que funcionários do abrigo criaram uma página no Facebook contando sua história. Intitulada ?The Patrick Miracle? (O milagre de Patrick), a página já foi curtida por mais de 200 mil pessoas.

A antiga dona do cão, Kisha Curtis, responde a um processo por ?atormentar e torturar? o animal. As acusações podem levar a penas de prisão máximas de 18 meses e uma multa de até US$ 10 mil. Ela também enfrenta duas acusações de abandono, com pena de até seis meses de prisão e multa de US$ 1 mil.


Pitbull salvo à beira da morte comove os EUA e procura um novo lar

De acordo com as autoridades americanas, Curtis amarrou o cão num corrimão em seu prédio e o deixou por mais de uma semana sem comida. Um faxineiro o encontrou em uma lata de lixo, prestes a ser atingido pelo triturador.


Pitbull salvo à beira da morte comove os EUA e procura um novo lar

O trauma, porém, não tornou o pitbull agressivo, segundo Patricia Smillie-Scavelli, mulher de Thomas Scavelli.

? Ele realmente é muito amoroso. Prefere sentar em seu colo do que no chão. Ele também dorme na nossa cama, à noite, junto com o gato ? contou.

A lenta recuperação foi feita com dieta especial, remédios, fisioterapia e transfusões de sangue, que logo acabaram com as costelas aparentes e as feridas espalhadas por todo o corpo.


Pitbull salvo à beira da morte comove os EUA e procura um novo lar

Fonte: Extra